quinta-feira, 27 de junho de 2013

POLÍTICA & FATOS - XI

  • Apesar da presidente Dilma Rousseff ter dito em rede nacional que o Governo Federal não está investindo nas obras dos estádios para as copas das Confederações e do Mundo, só neste ano foram empenhados R$ 79,3 milhões para as melhorias, reformas, estruturações aquisição de equipamentos, modernizações e adaptações em estádios de apoio. Os dados são do portal Contas Aberta.
  • Não será neste ano que a Prefeitura de Apucarana irá licitar o transporte coletivo urbano. O prefeito Beto Preto anunciou que prorrogou o contrato com a empresa Viação Apucarana por mais seis meses. Ele, porém, não antecipou quando o processo licitatório será instalado. Vale lembrar que durante a campanha eleitoral Beto Preto criticou a não realização da licitação do transporte coletivo por parte do então prefeito João Carlos de Oliveira.
  • A partir de segunda-feira (01-07),  usuários do transporte coletivo urbano em Arapongas pagarão R$ 2.15, ou seja, R$ 0,10 menos que a tarifa anterior. O prefeito Padre Beffa ainda tentará negociar com o Governo do Estado a inclusão de Arapongas na isenção do ICMS do óleo diesel, para reduzir o custo operacional da empresa que explora o sistema. O objetivo da redução é estimular o uso do transporte público.
  • Padre Egídio de Vidi, de 88 anos, completa amanhã - 28 de junho - 60 anos de sacerdócio. Ele chegou na diocese de Apucarana em 1965 e em 1967 abriu a Paróquia Cristo Profeta, onde permaneceu até 2004. Padre Egídio é capelão da Policia Militar há 36 anos, participando ativamente da história do 10º Batalhão.
  • A Autarquia Municipal de Educação de Apucarana irá investir mais de R$ 530 mil na compra de material escolar. O edital de pregão presencial foi publicado no Diário Oficial, mas não está disponível para consulta no portal do órgão. A licitação está programada para acontecer no dia 11 de julho,às 14 horas. 
  • Por outro lado, não há nenhuma informação sobre a aquisição de uniformes escolares para os alunos da rede municipal de ensino para o segundo semestre letivo de 2013. Uniformes escolares também foram bandeiras de campanha do então candidato Beto Preto. 

sábado, 22 de junho de 2013

ROMA APUCARANA VENCE A PRIMEIRA NA SEGUNDONA

O Roma Apucarana jogou, na manhã de hoje, em Maringá, contra o Grêmio Maringá e conquistou a primeira vitória no Paranaense da Segunda Divisão, aplicando 3 x 0 no adversário. Os gols foram marcados por Alex Ricardo, Vinicius e Marcinho. Com o resultado, o Tricolor da Cidade Alta sobe para sétima colocação na classificação geral, com chances, remotas, de chegar a próxima fase do certame.

Na primeira etapa o placar permaneceu fechado, com o Roma Apucarana perdendo inúmeras chances de abrir o marcador. A segunda etapa, porém, mostrou uma equipe melhor distribuída em campo e encurralando o adversário. O primeiro gol Tricolor foi marcado por Alex Ricardo, aos 22 minutos, aproveitando pela jogada de Warley e Itamar. Aos 41 minutos, Vinicius passou pelo goleiro Tiago e ampliou o placar. Aos 47, Alex Ricardo - o melhor em campo ao lado de Warley - presenteou Marcinho, que não teve dificuldades para fechar o resultado.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO MARINGÁ 0 x 3 ROMA APUCARANA

Gols: Pelo Roma, Alex Ricardo aos 22′, Vinicius aos 41′ e  Marcinho aos 47′ do 2º tempo.

Cartões Amarelos: Bruno, Eduardo, Danilo, Itamar (Roma), João Paulo (Grêmio)
Cartões Vermelhos: Bruno (Roma); Luiz Carlos (Grêmio)

Grêmio Maringá: Tiago; Renan (Santiago), João Paulo (Paraguaio), Edenilson (Batata) e Fagner; Matheus, Bruno, Kabrine e Luiz Carlos; Bahia e Romário. Técnico:  Waldir Peres.
Roma Apucarana: Eduardo; Chefferson, Danilo, Tairone e Itamar; Diego, Bruno, Alex Ricardo e Renan (Marcinho); Warlley (Vinicius) e Abuda (Diogo). Técnico: Carlos Alberto Santos.

Árbitro: Anderson Scatola.
Assistentes: Fabio Luiz Wagner Ribeiro e Leandro Augusto B. da Silva.

Com informações do portal Redação Em Campo


quinta-feira, 20 de junho de 2013

POLÍTICA & FATOS - X

  • A cidade de Ivaiporã está com problemas no abastecimento de água desde a manhã de hoje. A queda de um poste de energia, ocasionada por acidente automobilístico, paralisou a captação e o tratamento de água. A normalização do abastecimento ocorrerá de forma gradativa durante a noite de hoje.
  • Outra cidade com problema no abastecimento de água é São Pedro do Ivaí. Segundo a Sanepar, as fortes chuvas arrastaram grande quantidade de terra para o leito do Rio Barbacena, sendo necessário reduzir a produção de água do sistema na madrugada de hoje. A previsão é que a produção seja retomada, em sua capacidade total, no período da tarde e a distribuição normalizada até o início da noite de hoje. 
  • O prefeito Beto Preto, de Apucarana, nomeou Denise Canesin Moisés Machado como secretária da Mulher e Assuntos da Família. Denise Machado, antes lotada na Secretaria de Indústria e Comércio,  substitui a Márcia Regina de Souza, que responderá apenas pela Secretaria de Assistência Social. 
  • A Secretaria Nacional de Assistência Social indeferiu a certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social ao Centro para o Resgate à Vida Esperança, de Apucarana. Em dezembro de 2012, a certificação já fora indeferida e a decisão atual trata de  análise de recurso interposto pela entidade. 
  • Foi instituída em Arapongas a Semana Municipal de Prevenção e Enfrentamento as Drogas. A data  será comemorada na semana que antecede o dia 26 de junho, data internacional definida pela Organização das Nações Unidas como "Dia Internacional de Combate às Drogas".
  • O Santuário São José de Apucarana promove, de 1º a 5 de Julho, as 20h00, a I Semana de Espiritualidade - Deus Quer Falar Com Você. O evento será voltado a estudos bíblicos e formação humana, tendo como formadores os padres Benelson Barbosa e Mauro Negro, ambos da Congregação Oblatos de São José.

terça-feira, 18 de junho de 2013

DEVOLUÇÃO DA ASSEMBLÉIA É DESTINADA A MUNICÍPIOS

O governador Beto Richa, ao autorizar ontem a transferência de recursos a fundo perdido para mais 26 prefeituras, reforçou sua estratégia de prestar forte apoio aos municípios, para que eles possam responder as demanda de suas populações. “Queremos desenvolver o Estado a partir dos municípios”, afirmou Richa no encontro, realizado no Palácio Iguaçu. Foram transferidos R$ 10 milhões para as 26 prefeituras.

Os recursos são do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), que já atendeu mais de 240 prefeituras. O PAM repassa R$ 150 milhões para cidades com até 50 mil habitantes aplicarem em projetos escolhidos pela própria população. Os recursos são provenientes de devolução orçamentária da Assembleia Legislativa do Paraná que, pela economia feita pelos deputados e pela casa em geral, conseguiu devolver o valor para que fosse investido pelo Poder Executivo na melhoria de vida nas pequenas cidades.

Richa ressaltou que a elaboração do plano surgiu da identificação de dificuldades financeiras apresentadas pelas administrações municipais. “Eu fui prefeito, e nas devidas proporções, sei das dificuldades dos prefeitos. Contem com o apoio do governo estadual para tudo que precisarem”, disse. O governador também lembrou da diminuição dos repasses federais, principalmente com a queda do Fundo de Participação dos Municípios. “Se o Estado sofre com as medidas adotadas pelo governo federal, imaginem os menores municípios”, diz Richa.

As prefeituras recebem de R$ 300 mil a R$ 550 mil, de acordo o número de habitantes. Até o final de junho, todos os municípios habilitados receberão os investimentos. “O ponto forte desse programa é que a população escolhe a obra e a prefeitura não precisa devolver os recursos ao Estado”, disse o governador. Richa citou a redução dos repasses federais, principalmente com a queda do Fundo de Participação dos Municípios. “Se o Estado sofre com as medidas adotadas pelo governo federal, imaginem os menores municípios”, afirmou ele.

SANEPAR SERÁ AUTOSSUFICIENTE EM ANÁLISE DE ÁGUA

Nas próximas semanas, a Sanepar vai tornar-se a primeira companhia estadual de saneamento do Brasil autossuficiente na análise de todos os 99 parâmetros de qualidade da água distribuída para a população. Vão entrar em operação, nos laboratórios de Maringá, Cascavel e de Londrina, os cromatógrafos, modernos equipamentos utilizados nas análises de agrotóxicos. Até agora, parte destes parâmetros, que são determinados pelo Ministério da Saúde, é analisada por empresa contratada.

Atualmente, para garantir a qualidade da água que entrega aos clientes, a Sanepar realiza 1,325 milhão análises por mês. A maioria – 1,2 milhão – é feita nos laboratórios operacionais durante o processo de tratamento da água. Os parâmetros são analisados em cada uma das 176 estações de tratamento, onde funcionam os laboratórios operacionais. As análises são feitas de hora em hora, 24 horas por dia.

Os outros 125 mil parâmetros são analisados nos quatros laboratórios centrais de Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel e nos demais 77 laboratórios descentralizados. Estes 81 laboratórios analisam a água que sai das estações de tratamento, pronta para o consumo, e também a que chega na casa das pessoas e nas empresas, pelas redes de distribuição espalhadas pelas cidades.

“Nenhum outro alimento é tão controlado quanto a água de abastecimento público. A Sanepar é reconhecida no Brasil como umas das empresas que mais atenção dedica à qualidade do água que entrega na casa dos clientes,” explica a gerente da Unidade de Avaliação de Conformidade da Sanepar, Eloize Motter Rodrigues.

Os resultados das análises efetuadas de hora em hora tanto da água que entra nas estações como da que é distribuída, são encaminhados para a Vigilância Sanitária de cada município, que pode monitorar e realizar novas análises. Os laudos estão à disposição para possíveis avaliações e comprovações nos escritórios da companhia.

Para analisar 1,325 milhão de parâmetros, a Sanepar tem custo operacional de aproximadamente R$ 2 milhões por mês, sendo que as análises mais complexas – cerca de 20 mil por mês – custam, sozinhas, aproximadamente R$ 1 milhão/mês. Os três novos equipamentos (cromatógrafos) para os laboratórios centrais de Maringá, Londrina e Cascavel exigiram investimentos de R$ 1,7 milhão. Para o laboratório central de Curitiba está previsto investimento de R$ 2,6 milhões.

O laboratório de Londrina faz as análises de água dos sistemas de abastecimento da Região Nordeste do Estado, que abrange desde a Regional de Apucarana, Arapongas, Cornélio Procópio até a de Santo Antonio da Platina, somando uma população de mais de 1,7 milhão de pessoas. A coordenadora do laboratório, Mirian Raquel Bassetti, afirma que será um avanço para o sistema de controle de qualidade da empresa. “É um grande avanço tecnológico em nossa área”, diz.

SANEPAR LACRA POÇO COM ÁGUA IMPRÓPRIA AO CONSUMO

A Sanepar de Apucarana lacrou o poço artesiano perfurado na estrada do Rio Bom, a margem do Ribeirão Barra Nova, cuja água apresentava componentes químicos nocivos a saúde dos consumidores. A contaminação foi detectada quando da análise, antes do poço ser ligado a rede de abastecimento da cidade. A unidade produtora iria atender a consumidores do Parque Industrial Galan, especialmente indústria em fase de instalação.

A assessoria de imprensa da Sanepar explicou que após a perfuração do poço é realizada a análise de vazão. Caso o poço seja produtivo, faz-se a análise de água. Informa ainda a empresa que se a água estiver dentro dos critérios do Ministério de Saúde para consumo humano, são feitos outros procedimentos como colocação de filtro, revestimento e de bomba. Se contiver elementos que no momento não existe tecnologia para serem tratados, então o poço é descartado, como aconteceu com a unidade.

O resultado da análise e as medidas tomadas pela empresa foram informadas ao Ministério Público Estadual, que havia apresentado um pedido de informações a gerência de Apucarana.

Mesmo com o poço descartado, não há risco de desabastecimento na cidade e os investimentos continuam. De acordo com a Sanepar, ainda neste mês de junho entra em operação o Poço Country Club, que está em teste final de operação. Para o mês de agosto está prevista a entrada em operação do poço Pirapó. Além disso, existem mais sete poços dentro do planejamento. Um deles fica próximo ao Jaboti, que vai abastecer a região Sul. Os outros seis ficam no Barreiro. Todos eles já estão perfurados, mas somente entrarão em operação em cinco anos. 




POLÍTICA & FATOS - IX

A Prefeitura de Apucarana não efetivou nenhum pagamento a agricultores que integram o premiado Projeto Oásis. Verificando o Portal da Transparência, foi possível constatar a existência de uma reserva de R$ 551 mil destinados ao pagamento. O Oásis, criado em 2009, contempla hoje mais de 100 produtores das bacias do Pirapó e Tibagi. Os recursos são do Fundo Municipal do Meio Ambiente, formado pelo repasse mensal que a Sanepar realiza ao município. O Projeto Oásis recebeu prêmio internacional de reconhecimento como uma das melhores iniciadas de recuperação de nascentes do País. (Foto: Revista Época)
  • O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) recebeu da prefeitura de Apucarana 25 máquinas de costura, que integravam o patrimônio da Escola da Oportunidade, que funcionava no Jardim Ponta Grossa. O convênio para a cessão dos equipamentos foi assinado pelo prefeito Beto Preto em 30 de abril. As máquinas serão utilizadas pelo Senai para cursos do Pronatec, visando a formação de jovens maiores de 16 anos.
  • A Unifrango Industrial realiza no dia 28 uma assembléia de associados para eleger a nova diretoria e Conselho Fiscal. No mesmo encontro, será discutida a distribuição do lucro líquido e distribuição de dividendos. A Unifrango a presidida por Domingos Martins e já realiza movimentação de mercadorias na unidade da Rodovia do Café.
  • A Secretaria de Estado da Educação contratou a Construtora Masconi para realizar obras de manutenção e reparos no Colégio Estadual Izidoro Luiz Cerávolo, em Apucarana. Serão investidos mais de R$ 50 mil naquela tradicional instituição de ensino.
  • Acontece em Arapongas, no próximo dia 28, a primeira edição da Conferência Municipal de Meio Ambiente, a ser realizada no auditório da Unopar. O encontro segue as diretrizes da Conferência Nacional, programada para o mês de outubro, em Brasília.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

POLÍTICA & FATOS - VIII

Passados cinco meses e meio da nova administração municipal de Apucarana, ainda não foi aberto o processo licitatório para a licitação do transporte coletivo na cidade. O contrato com a Viação Apucarana expirou e vem sendo mantido pela administração pública. A questão, a bem da verdade, vem de longa data e não pode ser creditada apenas ao atual gestor. A abertura do processo licitatório é necessária para oportunizar a outras empresas de oferecer um serviço de melhor qualidade. 
(Foto: Emanoel Diego - ônibus Brasil).

  • A periferia de Curitiba está um caos em termos de má conservação da malha viária. Constatei no final de semana, quando estive na capital de todos os paranaenses. Buracos de todos os tamanhos, dificultando o trânsito de veículos. 
  • Secretária de Estado da Justiça, Maria Tereza Uille Gomes, garantiu ao prefeito de Arapongas, padre Beffa, que está em estudos a construção de um Centro de Detenção Provisória naquela cidade. Segundo foi informado, a secretária estava em Brasília na sexta-feira tratando deste assunto. 
  • Caiu no esquecimento a proposta de construir uma nova sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Apucarana e Vale do Ivaí (Cisvir). A obra deveria ter sido iniciada no ano passado, mas houve um movimento de prefeitos consorciados contrários ao empreendimento na área antes definida.
  • A Diocese de Apucarana receberá, na semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude, 18 jovens vindos do México. Ele ficarão hospedados em residências de jovens de municípios da área da diocese, quando aproveitarão para conhecer a realidade da igreja apucaranense.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

TREINADOR PODE DEIXAR COMANDO DO ROMA APUCARANA

Depois da derrota frente ao Junior Team, por 3 x 2, em pleno Estádio Municipal "Olímpio Barreto, o treinador Carlos Alberto dos Santos manifestou interesse de deixar o comando do Roma Apucarana. O presidente da agremiação, Sérgio Kowalski, deixou o estádio bastante irritado, inconformado com a série de resultados negativos.

A permanência de Carlos Alberto dos Santos no cargo ficou insustentável, pois nas cinco rodadas disputadas somou apenas três pontos, conseguidos em três empates. No jogo desta noite a equipe chegou a abrir vantagem - 2 x 1 - mas não conseguiu manter a vantagem, acabando derrota por 3 x 2.

Durante a transmissão da partida, pela Rádio Cultura Apucarana, o repórter Alessandro Leal anunciou que  o treinador Richard Malka  poderia assumir o cargo, caso de confirmasse a demissão de Carlos Alberto. Um funcionário do clube informou ao repórter que o técnico chegou a se despedir dos jogadores, em um indicativo do abandono do cargo.

POLITICA & FATOS - VII


  • Roma Apucarana ainda não conseguiu a primeira vitória na primeira fase do Paranaense da Segunda Divisão. Hoje a noite, no Estádio Municipal Olímpio Barreto, foi surpreendido pelo Junior Team, sendo derrotado por 3 x 2. Com o resultado, o Roma Apucarana permanece fora da zona de classificação, somando três pontos, na oitava posição, correndo o risco de ser rebaixado a Terceira Divisão. No domingo, às 15h30, o Tricolor da Cidade Alta recebe o Francisco Beltrão.
  • O Ministério da Previdência Social nomeou dois peritos médicos para atenderem na unidade do INSS de Apucarana. Passarão a atender em Apucarana, os médicos Cláudio Roberto Dias e Marcos Kenichi Nagatani. Portaria de nomeação foi publicada no Diário Oficial da União. 
  • Para a unidade do INSS de Arapongas foram quatro nomeações de médicos peritos para atender aos segurados que necessitam de avaliação médica para obter aposentadoria. Os nomeados são Ivan Miculis, Grazieli Lopes Mata, Jaquelini Notori e Fábio Henrique Dezone.
  • O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) concedeu permissão para a realização de pesquisa arqueológica na área de transmissão de energia entre Londrina e Maringá, passando por Apucarana. Os trabalhos serão coordenados pelo professor Saul Eduardo Seiguermildes, da Universidade Federal de Santa Maria (RS). 
  • O prefeito de Arapongas, Antônio José Beffa, assinou decreto convocando para o dia 10 de julho, no Espaço Cultural Érico Verissímo, a I Conferência Municipal de Cultura, etapa preparatória da III Conferência Nacional de Cultura. O evento acontece a partir das 19h00, sob coordenação da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Eventos.
  • Cooperados da Cooperativa de Rolândia (Corol) destituíram Eliseu de Paula da presidência. Um grupo de cooperados toma posse amanhã - sexta-feira - para dirigir a cooperativa. Passando por graves problemas financeiros, a Corol terá suas atividades encerradas. A Cocamar, de Maringá, já atende grande parte dos cooperados da Corol.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

PREFEITURA DE APUCARANA EXECUTA EX-VEREADORES

Cumprindo determinação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, a Prefeitura de Apucarana impetrou ação de execução fiscal contra vereadores da Legislatura 1993/1996 e contra o ex-prefeito Carlos Roberto Scarpelini. O montante a receber é de R$ 2.452.914,61, calculado quando da decisão da juíza Marcia Pugliesi Yokomizo, em outubro de 2011.

Os oito processos estão ainda em fase de citação, com os devedores tendo prazo para oferecer bens a penhora ou efetue o pagamento da dívida, com as correções devidas a partir da sentença.

Conforme informações obtidas, há caso de suspensão de processo até 2015, pleiteada pelo então vereador Adalberto Rocha Lobo. Outros vereadores daquela legislatura, quando da decisão do Tribunal de Contas determinando restituição de valores, anteciparam ao processo judicial e efetivaram a quitação.

Os processos tramitam na 1ª Vara Cível da Comarca de Apucarana.


terça-feira, 11 de junho de 2013

ANP PESQUISA PREÇOS DE COMBUSTÍVEIS EM APUCARANA

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) disponibilizou em seu portal na rede mundial de computadores os preços dos combustíveis praticados em 13 postos de Apucarana. A pesquisa foi realizada no período de 02 a 08 de junho.

Conforme os dados coletados pela ANP, o preço médio da gasolina é de R$ 2,849 o litro, enquanto o etanol é de R$ 1,898. 

Confira na tabela abaixo os preços dos combustíveis:

Posto
Gasolina
Etanol
Juninho
2.739
1,799
Ecoposto
2,779
1,899
Brasil Sul (Av.Paraná)
2,799
1,899
Avenida
2,799
1,999
Vila Nova
2,799
1,839
Casa Rosa
2,839
1,899
Travain (Av.Rio de Janeiro
2,850
1,870
Aviação
2,895
1,895
Bresolin
2,897
1,897
Solon
2,899
1,999
Brambila (Governador)
2,899
1,999
Brambilla (Minas Gerais)
2,899
1,899
Matrix I
2,899
1,999



segunda-feira, 10 de junho de 2013

ROMA CONTINUA SEM VENCER NA SEGUNDONA

Em jogo isolado da quarta rodada do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão, Foz do Iguaçu e Roma Apucarana duelaram hoje no Estádio ABC, na cidade fronteiriça. Mesmo saindo na frente, com gol de Renan Oliveira, o Tricolor da Cidade Alta não segurou a vantagem e tomou o empate nos minutos finais da partida, repetindo o que já aconteceu nos jogos anteriores contra Colorado e PSTC. O gol do Foz foi anotado por Ícaro.

Com o resultado, o Roma Apucarana ocupa a sétima posição na tabela de classificação.

Na próxima rodada o Foz recebe o PSTC, na quinta-feira, às 20:15h. No mesmo dia e horário o Roma recebe a Junior Team no Estádio Municipal "Olimpio Barreto". 

Demais Resultados:

Grêmio Maringá 0 x 1 Cincão
Colorado 0 x 0 Junior Team
Metropolitano 2 x 0 Prudentópolis
PSTC 0 x 0 Francisco Beltrão

Classificação:

PosTimePGJVEDGPGCSG%
Grêmio Metropolitano10431060683,3
Cincão10431051483,3
Prudentópolis6420267-150
Francisco Beltrão6413032150
Junior Team5412133041,6
Foz do Iguaçu4411256-133,3
Roma Apucarana3403146-225
Colorado3403135-225
PSTC3403124-225
10ºGrêmio Maringá1401325-38,3

Com informações do portal Futebolpr.net

POLITICA & FATOS - VI

  • Professores Ruy Barbosa, Sérgio Luiz Candêo, Celso Mariane e Manoelito estão deixando a Faculdade Estadual de Ciências Econômicas (Fecea). Todos requereram aposentadoria, após completar, com inigualável competência, o período de magistério superior naquela instituição de ensino.
  • O Ministério Fazenda publicou edital de concurso público, oferecendo vagas de assistente administrativo, contador, arquiteto, engenheiro e pedagogo. Para o Paraná são 22 vagas e os salários variam de R$ 3.977,42 a R$ 5.081,18. Consulte o edital aqui.
  • A Prefeitura de Apucarana ainda não publicou decreto que reduz a tarifa do transporte coletivo urbano. A redução se deve a decisão do Governo Federal em zerar as alíquotas do PIS/Cofins, que incide em 3,65% sobre o valor das tarifas.  
  • Vereadores tiveram os diplomas cassados por prática de "caixa dois" durante as eleições do ano passado.Os candidatos receberam dinheiro e não contabilizaram. O caso aconteceu na cidade de Sengés e os condenados estão inelegíveis por oito anos.
  • A partir de hoje, todos os procedimentos da Justiça do Trabalho em Arapongas estão sendo executados por meio eletrônico. As petições iniciais agora dispensam a impressão das peças, o mesmo acontecendo com os demais trâmites judiciais.
  • Estarão abertas no Tribunal de Justiça do Paraná, de 1º a 30 de julho, as inscrições para o concurso público de juiz substituto. O EDITAL e anexos podem ser consultados aqui. As inscrições somente serão aceitas no site do TJ-PR.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

POLITICA & FATOS - V

  • Passou despercebida ou simplesmente ignorada a decisão do Tribunal de Justiça do Paraná, que reduziu a pena imposta ao ex-prefeito de Apucarana, Valter Aparecido Pegorer. Por ter contratado duas associações - João Paulo e Correia de Freitas - para serviços emergenciais quando assumiu o segundo mandato, Pegorer foi condenado a pouco mais de oito anos de reclusão. A sentença foi reformada e a condenação caiu para três anos, sete meses e seis dias de detenção em regime aberto.
  • Gilberto Cordeiro de Lima e José Airton de Araújo, vereadores em Apucarana, tem missão definida para o próximo ano. Trabalhar no período eleitoral para o deputado Nelson Justus, candidato a reeleição para deputado estadual. Um acordo neste sentido já teria sido fechado.
  • Foi publicado hoje no Diário Oficial da União o decreto do Supremo Tribunal Federal que nomeia Luiz Roberto Barroso como ministro daquela corte. Barroso substitui o ministro Carlos Augusto Ayres de Freitas Brito, que deixa o STF em razão de aposentadoria.
  • A Clínica de Fisioterapia da Faculdade de Apucarana (FAP) a partir da próxima semana passará a atender em uma ala do campus da instituição de ensino superior, localizada no Jardim Flamingos. Atualmente, a clinica está instalada na área central da cidade, em uma residência alugada.
  • Dentro de 45 dias, a prefeitura de Apucarana irá apresentar um projeto para a construção da passarela na Vila Apucaraninha, para facilitar a travessia dos trilhos por parte dos pedestres. O valor da obra está estimado em R$ 173.860,00 e deverá ser todo custeado pela América Latina Logística (ALL), empresa que administra a ferrovia.
  • Foi instituída em Arapongas a Campanha "Vizinho Solidário", para cooperação mútua para vigilância nos bairros da cidade. A campanha será desenvolvida pelo Conselho Comunitário de Segurança, associações de moradores e outras entidades civis araponguenses. O objetivo é reduzir os índices de criminalidade na cidade.

PEGORER É INOCENTADO NO CASO DOS MENDIGOS

A Justiça Civil da Comarca de Apucarana julgou improcedente a Ação Civil Pública, promovida pelo Ministério Público Estadual, que visava a condenação de Valter Aparecido Pegorer e Telma Mourão, então prefeito e secretária de Ação Social, em março de 2007, respectivamente. A ação teve como base a atuação do então prefeito e secretária, juntamente com outros membros da administração pública, visando retirar das ruas mendigos e andarilhos. O caso ganhou grande repercussão na imprensa, principalmente na Rede Globo de Televisão, noticiando que "prefeito expulsava mendigos da cidade".

Na ação, o Ministério Público pedia a condenação de ambos por improbidade administrativa, visto que a ação feriria os princípios da dignidade da pessoa humana e do direito de locomoção, bem como infringiram os princípios que regem a administração pública. 

Na defesa apresentada, Pegorer e Telma Mourão sustentaram que em nenhum momento houve qualquer forma de coação sobre andarilhos e mendigos. Lembraram os acusados terem atendido ao clamor da população, pois em várias oportunidades cidadãos eram abordados de forma violenta por andarilhos e mendigos, causando constrangimentos. Durante a operação, pessoas residentes em outras cidades receberam passagens de ônibus para retornar aos locais de origem, enquanto as residentes em Apucarana eram orientadas a buscar os familiares. Duas pessoas, andarilho e morador de rua, foram ouvidos pela Justiça, como testemunhas de defesa e negaram que tivessem sido presas, como noticiado a época.

Na sentença, o juiz Laércio Franco Júnior, após análise do conjunto probatório - documental e testemunhal - e depoimentos dos acusados, afirma que "como demonstrado nos autos, os requeridos praticaram a conduta para dar uma resposta a sociedade que cobrava solução para os transtornos e inconvenientes gerados pelos moradores de rua e andarilhos". Acrescentou ainda o magistrado: "não se evidencia, portanto, a conduta dolosa no sentido de ciência de violação a lei e aos princípios administrativos com a nota essencial de deslealdade, desonestidade ou má-fé, como seria exigido para configuração do ato de improbidade administrativa".

quinta-feira, 6 de junho de 2013

PARANÁ GANHA TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

O Congresso Nacional, presidido pelo deputado federal André Vargas (PT-PR), promulgou hoje a Proposta de Emenda à Constituição, originada no Senado Federal, que cria mais quatro tribunais regionais federais (TRFs) por meio do desmembramento dos cinco já existentes. 

De acordo com o texto, os novos TRFs terão sede em Curitiba, Belo Horizonte, Salvador e Manaus. 

Seis estados antes vinculados a esse tribunal - Minas Gerais, Bahia, Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima - passarão a fazer parte de outras três regiões. Juntos, esses seis estados respondem por quase 50% dos processos distribuídos.

Com a emenda constitucional, Minas Gerais terá um tribunal somente para o estado (7ª Região), assim como acontecerá com São Paulo (3ª Região) após a transferência do Mato Grosso do Sul para o TRF da 6ª Região, o qual também terá Paraná e Santa Catarina, ambos migrados da 4ª Região.

Sergipe sairá da 5ª Região e se juntará à Bahia no TRF da 8ª Região. O 9º tribunal abrangerá Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima.

Com essas mudanças, o TRF da 4ª Região atenderá apenas as causas do Rio Grande do Sul. Rio de Janeiro e Espírito Santo continuam na 2ª Região


quarta-feira, 5 de junho de 2013

POLITICA & FATOS - IV


  • Apesar de informações distorcidas e com intuito de causar confusão, o diretório do PMDB de Apucarana não sofreu qualquer intervenção da executiva estadual. A lista dos municípios foi divulgada pela direção do partido.
  • Ataíde Pantaleão, da Guarda Municipal de Apucarana, disse hoje que não foi exonerado do comando da instituição, como publicado em decreto. Na verdade, afirmou, foi efetivado na função, já que respondia interinamente.
  • A Assembleia Legislativa aprovou hoje a inclusão do município de Arapongas na Região Metropolitana de Londrina (RML). A proposta é do deputado Waldyr Pugliesi (PMDB). A inclusão na RML garante uma série de benefícios aos moradores de Arapongas.
  • Segundo notícia publicada no site Apucarana Notícias, o prefeito Carlos Aberto Gebrin Preto não concederá reajuste salarial aos funcionários municipais, mesmo com lei aprovada pelo Legislativo. O motivo seria a falta de recursos financeiros para bancar o aumento.
  • A título de esclarecimento: o Poder Legislativo não tem competência para criar lei que venha a aumentar ou criar despesa para o Executivo, sem instituir fonte de receita.
  •  A Azul Linhas Aéreas recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil para operar vôos de Maringá a Porto Alegre, em ida e volta. A operação, informou a empresa, começa no dia 16 de junho.
  • Diversas entidades de Londrina, voltadas a defesa do meio ambiente, são contrárias a construção do aeroporto de cargas na região da Mata do Godoy. Só para relembrar: Apucarana precisa colocar sua tropa na rua e reivindicar investimentos para o aeroporto local e transformá-lo em terminal de cargas.
  • Ainda com respeito ao Aeroporto de Apucarana, não se ouviu nenhuma manifestação do deputado federal André Vargas (PT), amigo do prefeito Beto Preto. Só para lembrar: Vargas é de Londrina e seu interesse por Apucarana se resume a votos para sua pretendida reeleição.

terça-feira, 4 de junho de 2013

PARANÁ SEDIARÁ FÓRUM DOS JUIZADOS ESPECIAIS EM 2014

A constatação de que os Juizados Especiais já representam metade da movimentação processual nas Justiças Estaduais, o compartilhamento de experiências e informações sobre os Juizados de todo o País propiciado pelo Fórum Naconal dos Juizados Especiais (Fonaje) e a atuação dedicada dos Juízes paranaenses no evento, incentivaram a Desembargadora Dulce Maria Cecconi, autorizada pelo presidente do TJPR, Desembargador Clayton Camargo, a apresentar a candidatura do Paraná para sediar em 2014 o Fórum Nacional de Juizados Especiais.

No último dia do encontro realizado em Cuiabá, a Assembleia Geral do Fonaje escolheu por aclamação a candidatura do Estado de Pernambuco para o XXXIV Fonaje, que ocorrerá na segunda quinzena de novembro de 2013; e a do Estado do Paraná como sede do XXXV Fonaje, que será realizado em maio de 2014. Foram ressaltadas também as candidaturas dos Estados do Amapá, Goiás e Pará.

“A Desembargadora Denise Krüger Pereira, pioneira participante do Fonaje, e que muito facilitou o contato dos juízes do Paraná com os demais integrantes daquele Fórum, se comprometeu a coordenar a parte social do nosso encontro”, ressaltou a Supervisora-Geral do Sistema de Juizados Especiais, Desembargadora Dulce Maria Cecconi.

Ao final, os magistrados presentes aprovaram a Carta de Cuiabá que começa assim: “O aprimoramento dos Juizados Especiais, escopo incessantemente almejado pelos membros deste Fonaje, seja no exercício jurisdicional ou exteriorizado nos encontros teóricos e empíricos acerca do Sistema, merece a atenção da Justiça brasileira, estigmatizada pela improficiência, reconhecida, inclusive, pelos operadores jurídicos, e manifestamente declarada pelo jurisdicionado, principal interessado na resolução célere e eficaz dos conflitos deduzidos em juízo.

A Constituição de 1988, embora haja promovido a disseminação do direito de ação, não proveu o Poder Judiciário dos instrumentos necessários ao equilíbrio das novas demandas com os recursos humanos, financeiros e, sobretudo, procedimentais de julgamento pelos órgãos competentes. Desse novo paradigma, não mais relacionado exclusivamente ao acesso à Justiça, mas ao tempo de julgamento e eficácia das decisões, surgiram os Juizados Especiais, cuja atuação não fascinou somente o cidadão, mas todo o Judiciário brasileiro”.

Fonte: TJ/PR

GOVERNO ANUNCIA AMANHÃ FINALISTAS DO CONCURSO CAFÉ QUALIDADE 2013

O governador Beto Richa e o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, participam amanhã, às 14h30, da etapa final do concurso Café Qualidade 2013. Em 10 anos de existência do concurso, será a primeira vez que o anúncio dos produtores finalistas acontecerá no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Durante o evento, empresas parceiras que compraram cotas de patrocínio do concurso vão receber pacotes de café especial produzido no Paraná. Com essas cotas o Governo do Estado pode pagar um ágio de 25% para comprar os lotes de cafés especiais dos produtores finalistas do concurso. 

O patrocínio é devolvido às empresas parceiras em forma de café especial, embalado em pacotes com 250 gramas cada um, para que possam fazer merchandising do produto junto a seus clientes. Os cafés podem ser presenteados a clientes especiais, uma forma de reforçar ainda mais a qualidade do café produzido no Paraná. 

As empresas e entidades parceiras que vão receber o café, conforme a quantidade de patrocínio adquirida, são o Banco do Brasil, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Ocepar, Faep, Fiep e Itaipu Binacional. 

Fonte: Agência Estadual de Notícias



segunda-feira, 3 de junho de 2013

SAFRA DO PARANÁ PODE CHEGAR A 38 MILHÕES DE TONELADAS

Agricultores paranaenses esperam colher 38 milhões de toneladas de grãos, somadas as três safras: de verão, outono/inverno e de inverno. Esta última representa acréscimo de 23% sobre a anterior. A informação é da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, que divulgou hoje a pesquisa da produção agrícola realizada pelo Departamento de Economia Rural (Deral) referente a maio.

A Secretaria explica que o resultado poderia ser maior, pois a produção agrícola paranaense sofreu com variações do clima, falta de chuvas em regiões localizadas e excesso em outras, que afetaram as produções de milho e feijão da segunda safra.

Lidera o ranking da produção paranaense, o cultivo de soja que, na safra 2012/13, está rendendo volume recorde de 15,7 milhões de toneladas, aumento de 45% sobre a produção da safra passada, quando foram colhidas 10,82 milhões de toneladas do grão no Estado. Desse total, estima-se que dois terços da produção já estão vendidos e o restante é comercializado em ritmo lento. “É uma forma de reserva de capitalização pelo produtor”, observou o chefe de conjuntura do Deral, Marcelo Garrido.

O desempenho, considerado excelente, com a produção de soja, foi alavancado pela combinação de área recorde de plantio, clima favorável e preços atraentes no mercado internacional que induziram o produtor a ampliar a área ocupada com a cultura. Segundo levantamento do Deral, dos 5,8 milhões de hectares ocupados com o plantio de grãos de verão, as lavouras de soja ocuparam 4,7 milhões de hectares, correspondendo a 81% da área total de plantio do Estado durante a safra de verão.

Depois da soja, 15% da área plantada no Estado, durante o verão, foi ocupada pelas lavouras de milho, restando em torno de 4% da área total para outros produtos como algodão, arroz sequeiro e irrigado e feijão.

CULTURAS – O milho da segunda safra, que está em campo, tem expectativa de produção de 10,84 milhões de toneladas, também recorde para esse período do ano, o que representa acréscimo de 9% em relação à safra passada. A previsão anterior apontava colheita de 11,38 milhões de toneladas de milho safrinha, mas foi reduzida em 702 mil toneladas, em decorrência da estiagem em abril e maio, principalmente na região Norte Pioneiro, que ficou cerca de 40 dias sem chuvas.

“Os preços do milho estão em torno de R$ 19,12 (preço médio recebido pelos produtores no Paraná em maio/13) a saca/60kg, refletindo a boa produção do grão nesse período do ano, que já está maior do que no período de plantio convencional durante o verão”, explicou a engenheira agronôma do Deral, Juliana Tieme Yagush.

O feijão da segunda safra também sofreu com a falta de chuvas, mas na região Sudoeste. Por ser uma cultura bastante sensível, o desempenho da lavoura também foi prejudicado pelo excesso de chuvas da semana passada. Em decorrência dessa situação, há quebra de 10% da produção.

“Mesmo assim, estão sendo colhidas 421.515 toneladas do grão, volume 22% maior em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram colhidas 344.979 toneladas de feijão na segunda safra”, informou o engenheiro agrônomo do Deral, Carlos Alberto Salvador.

O trigo está com metade da área estimada já plantada e a maioria com bom desenvolvimento. Este ano, a área ocupada cresceu 15%, passando de 782.308 hectares plantados no ano passado para 896.867 hectares, cujo plantio deve ser concluído em todo o Estado até o mês que vem. Os produtores estão animados com a possibilidade de manutenção dos preços firmes para o trigo, também no momento da comercialização.

Fonte: Agência Estadual de Notícias
Foto: Blog do Berimbau (Borrazópolis)

MUNICÍPIOS DO VALE DO IVAI RECEBEM MAQUINÁRIOS

O Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário, publicou hoje no Diário Oficial da União a portaria que destina retroescavadeira a centenas de municípios do Pais. Somente no Vale do Ivaí, são 18 municípios contemplados com o equipamento, que serão entregues mediante a apresentação de servidores para treinamentos. A portaria ressalta que o município pode abrir mão de receber a máquina, mas para isso deverá encaminhar oficio ao ministério.

Da região Vale do Ivaí, foram contemplados os municípios de Arapuã, Ariranha do Ivaí, Califórnia, Bom Sucesso, Cambira, Faxinal, Grandes Rios, Ivaiporã, Jardim Alegre, Kaloré, Lidianópolis, Lunardelli, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Rio Bom, São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí.

Os municípios de Mandaguari, Astorga, Sabáudia, Pitangueiras, Primeiro de Maio e Marialva também receberam a máquina. 





domingo, 2 de junho de 2013

POLITICA & FATOS - III

  • Congresso Internacional de Turismo Religioso começa oficialmente hoje, com a participação de pessoas de várias partes do Paraná, do País e do Exterior. Palestras e outras ações acontecem no Cine Teatro Fênix. O evento termina na quarta-feira. A programação, porém, não contempla visitas aos parques temáticos de Apucarana.
  • Corpo de Bombeiros de Apucarana registrou 451 acidentes de trânsito em sua área de abrangência - Mandaguari, Jandaia do Sul e Astorga. O mês de maio foi o mais violenta, com 108 acidentes atendidos. Nos cinco primeiros meses de 2013, a corporação registrou 1.755 ocorrências, entre elas 77 incêndios. 
  • Situação do Roma Apucarana, no paranaense da Segunda Divisão, é preocupante. Em três jogos disputados, somou apenas dois pontos e está próximo do rebaixamento a Terceira Divisão. Nos dois últimos jogos, mesmo saindo na frente dos adversários, não conseguiu segurar o resultado. Na próxima rodada, vai jogar em Foz do Iguaçu.
  • A Caixa Econômica Federal espera pagar um prêmio de R$ 90 milhões na Quina de São João,  a ser sorteada no dia 24 de junho, cujas apostas podem ser realizadas na rede de lotéricas em todo o País. A partir do dia 15, a Caixa não mais receberá apostas para os concursos regulares da Quina.
  • Clientes Sicoob, de Apucarana, tem mais uma opção para fazer transações financeiras. A cooperativa concluiu a reforma da agência da Rua Osvaldo Cruz e já atende aos seus associados. A agência principal da instituição de crédito cooperativo está instalada na Avenida Curitiba, com amplo estacionamento para clientes.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

ROMA APUCARANA EMPATA COM O COLORADO

O Roma Apucarana ainda não consegui entusiasmar seus torcedores nesta nova participação no Campeonato Estadual da Segunda Divisão. Hoje a tarde, no Estádio Municipal "Olímpio Barreto", não passou de um empate em 2 x 2 frente ao Colorado. Após abrir 2 x 0, cedeu o empate ao adversário.

O início da partida entusiasmou o pequeno público presente, tanto que aos dois minutos o ponteiro esquerdo Abuda balançou as redes do adversário. Aos poucos, porém, o Colorado equilibrou as ações e passou a pressionar a defensiva tricolor. Na segunda etapa, o Colorado manteve o ritmo do primeiro tempo, mas tomou o segundo gol aos 10 minutos, quando Alex Ricardo bateu rasteiro e ampliou o placar.

Havia equilíbrio na partida e os dois goleiros - Diego, pelo Roma; e Rafael, do Colorado - trabalharam bem. O Roma perdeu grande chance de "matar" o jogo aos 20 minutos, com Uellington perdendo grande chance. O Colorado, porém, continuou rondando a área tricolor e todo o empenho foi compensado aos 29 minutos, quando Claudir não desperdiçou a chance e marcou um belo gol. Quando a partida caminhava para o final, Robinho, aos 40 minutos, arriscou e igualou o placar.

No próximo domingo o Roma joga em Cornélio Procópio, contra o PSTC; enquanto o Colorado recebe o Metropolitano

O jogo foi assistido por 496 torcedores, com renda diminuta de R$ 6.395,00

O Roma jogou com Diego, Robenval, Danilo, Everson e Marcinho; Fernandinho, Uellington, Alex Ricardo e  Renan (Warley); Vinicius (Felipe Ferro) e Abuda (Felipinho).
Já o Colorado formou com Rafael, Faco, Evandro, Renato e Alan; Guilherme, David, Robinho e Tiaguinho; Claudir e Rafael Akai (Willian).

Com informações do site Redação em Campo.

POLITICA & FATOS - II


  • Contribuintes inscritos em dívida ativa, em Arapongas, poderão, a partir de hoje, reparcelar os débitos de natureza tributária. O prazo para requerer o benefício é de 30 dias e antes da concessão deverão quitar as custas processuais e honorários advocatícios. Os novos valores poderão ser parcelados em 12 vezes.
  •  Prefeitura de Apucarana está revertendo ao patrimônio público uma série de terrenos doados a empresas, em parques industriais da cidade. A reversão, conforme os decretos publicados no Diário Oficial do Município, se dá pelo descumprimento dos prazos estabelecidos quando da doação das áreas.
  • Agências bancárias de Arapongas tem prazo de 120 dias para instalar biombos entre os caixas e os clientes. Caso não cumpram o prazo, as instituições financeiras serão notificadas, multadas e até mesmo interditadas por ato da administração municipal.
  • Jornal Tribuna do Norte, de Apucarana, foi o vencedor da licitação para escolha do órgão oficial do Município de Arapongas. O contrato, firmado entre o Município de Arapongas e a empresa apucarense é de um ano, contado a partir de 8 de abril de 2013.
  • E por falar em Tribuna do Norte, a prefeitura de Apucarana efetivou o pagamento de R$ 210.341,25 referente a publicação de atos oficiais e matérias de interesse do município publicadas no ano anterior. É possível  consultar o empenho no portal da Transparência da Prefeitura de Apucarana.

APUCARANA NÃO REGISTRA ROUBOS EM SAÍDA DE BANCOS

Os chamados roubos em "saidinha de banco" não são registrados em Apucarana desde novembro de 2011, quando o Procon, a época coordenado pelo jornalista Rafael Silva, obrigou as agências bancárias a instalar equipamentos de segurança (câmeras) e biombos nos caixas. Com a postura do órgão de defesa do consumidor, Apucarana é um dos únicos municípios do Paraná a cumprir leis que determinam a instalação destes dispositivos.

Em Apucarana, duas leis municipais estabelecem que as instituições financeiras têm que instalar câmeras na área externa para monitorar a entrada e saída de clientes e os biombos para permitir aos clientes movimentar dinheiro ser correr o risco de ser vigiado por bandidos. 

Policiais militares consultados sobre a eficiência dos sistemas, verificaram, inclusive, que desde 2011 houve uma redução no número de pessoas paradas nas portas das agências bancárias. "Não se pode afirmar com certeza absoluta, mas algumas daquelas pessoas estavam ali para monitorar a circulação de pessoas que faziam saques nas agências. Sabendo que estão sendo filmadas, deixaram aqueles locais, levando tranquilidade aos clientes dos bancos", disse um dos consultados.

O então coordenador do Procon, jornalista Rafael Silva, lembrou que foi um trabalho árduo fazer os bancos cumprirem as duas leis municipais. "Tivemos até que lacrar algumas agências, para convencer que as leis teriam que ser cumpridas e felizmente os resultados estão aí, para serem comprovados", salienta Silva.

Apucarana tem 14 agências bancárias - incluindo as cooperativas de crédito - no centro da cidade. Até mesmo as agências récem-construídas - Bradesco, Sicoob, Caixa e Sicredi - cumprem as duas leis municipais, garantindo segurança a clientes e funcionários.